segunda-feira, 12 de julho de 2010

Por que a Dinamarca ?


Talvez me perguntem: Tony Maicon, por que a Dinamarca? Por que não a Africa, Asia, ou até mesmo por que não no próprio Brasil? Afinal, necessidades( espirituais, materiais) não faltam, então porque ir à Dinamarca? Um país onde 84% da população professa ser cristã, onde necessidades materiais simplesmente não existem, onde o governo simplesmente banca de forma exemplar a saúde e a educação do povo, e por uma soma de fatores o povo dinamarquês foi considerado o povo mais feliz do mundo! Então, a pergunta nessa hora se torna inevitável: por que a Dinamarca?
Eu lanço uma pergunta: é possível existir felicidade plena sem Cristo? "Este povo me adora com os lábios, mas seu coração está longe de mim...". Deste dado percentual de 84% que alega ser cristã, apenas 4% frequenta a igreja, o restante, 80%, apenas frequenta a igreja para se casar ou batizar filhos, entre outros sacramentos e festividades. E destes 4% que frequenta a igreja (sei que devo considerar a questão cultural) é comun durante os cultos irmãos saírem para fumar e após os cultos não é difícil os encontrar bebendo. Na verdade o que existe naquele país é um cristianismo nominal. Nestas horas de questionamentos, me vem à memória uma passagem da Bíblia Sagrada: "Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor. Porque, assim como o céu é mais alto do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos".
Querido leitor, o povo se encontra de barriga cheia, porém sua alma está desnutrida. Então, como não me importar? Como não chorar ? Como não ir? Até a data de hoje, 12/07/10, não existe presença missionária naquele país. Será que devo cruzar meus braços enquanto almas estão se perdendo? De acordo com informações que recebi, muitos jovens dinamarqueses tem uma postura de rebeldia com relação a Deus. Queridos, o gostoso disso tudo é ter a paz no coração com relação à vontade de Deus em minha vida. Para quem me conhece e já ouviu meu testemunho, conhece a história do meu nascimento, é uma alegria e responsabilidade ver o motivo pelo qual Deus me fez nascer vivo e perfeito. Não poderia existir uma razão mais sublime, que é a de anunciar tão grande Salvação às nações!!! Muitas gerações de dinamarqueses já partiram para eternidade vivendo um cristianismo de aparência, mas basta! Que Deus produza na Dinamarca transformação de corações e vidas, que haja restauração e arrependimento. E que o Deus de missões nos abençoe!

2 comentários:

  1. Muito bom, marido! Dá pra sentir que vem do fundo de seu coração.
    bjinhooo, I love You!

    ResponderExcluir
  2. Você mora na dinamarca? tem nacionalidade dinamarquesa? Eu estou louco pra vazar desse BR. Não vejo a hora de morar no exterior.

    ResponderExcluir